Alcançar clareza sobre quem és, sobre o que queres e sobre como alcançar o que queres.

Alcançar clareza sobre o que tem significado e te realiza profissionalmente é primordial para que possas implementar uma mudança intencional na tua carreira.

É possível que esta clareza ainda não exista para ti, que ainda te sintas perdido(a) e sem saber muito bem qual a melhor direção a seguir. Contudo é importante que saibas que podes aprender a desenvolver clareza agora e noutras alturas da tua vida sempre que mudar de direção seja relevante para ti.

Sem clareza, não há mudança.

Clareza não é um traço de personalidade ou um talento que uns têm e outros não, é acessível a qualquer pessoa e pode ser treinada e desenvolvida.

Importante é que não caias no marasmo do ” deixa andar” e numa “rotina vazia” que em nada alimenta a concretização dos teus sonhos.

A clareza alcança-se ao fazer perguntas, pesquisando, tentando e experimentando coisas novas, aproveitando as oportunidades da vida e tentando perceber o que é melhor para ti.

Ela não vai surgir naturalmente num momento de inspiração, nem tão pouco irás tropeçar nela num dia teu cheio de sorte.

Ela requer trabalho e a resposta a questões fundamentais, tais como:

Quem sou eu?

O que valorizo?

Quais são os meus pontos fortes e pontos fracos?

Quais são os meus objetivos?

Qual é o meu plano?

A minha sugestão prática é que comeces por:

1º Foca-te apenas numa área de interesse

A área de interesse deverá estar naturalmente ligada às tuas paixões.

É claro que podes ter várias paixões e diferentes áreas de interesse, contudo será relevante identificar aquela onde gostarias de te ver num futuro próximo a dar o teu contributo.

Depois dentro dessa área de interesse tenta ser o mais específico possível.

Dando um pequeno exemplo:

Vamos supor que és apaixonado(a) pela fotografia e defines esta como sendo a tua área de interesse principal.

Convém que especifiques dentro da fotografia qual é o gênero que te agrada mais e com o qual te identificas.

Agora responde a estas questões:

Quem queres ser nesta área específica daqui por 1 ano?

Como gostarias de servir os outros? Qual é a contribuição extraordinária que queres fazer?

Imagina-te já a adicionar esse valor, a inspirar quem te rodeia e a fazer a diferença na vida dessas pessoas.

Visualiza-te já a dar esse contributo, como te sentes?

Sentes-te entusiasmado(a)?

Grande parte das vezes o medo também pode estar presente, apenas por ser algo que ainda não está completamente no teu domínio. Há provavelmente aprendizagens que necessitas ainda de fazer.

Para dominar só precisas começar e depois treinar, treinar, treinar.

2º Identifica 3 competências chave 

Quais são as competências que à data de hoje ainda não tens e necessitas de aprender e desenvolver para poder dar este contributo?

Identifica apenas 3, as principais e que fazem toda a diferença sobre quem queres ser daqui por 1 ano. Se te ajudar explora e pesquisa sobre outros profissionais que já estão num nível de excelência dentro dessa área. O que é que eles fazem? Como fazem? Quais são as competências que lhes permitem servir com excelência?

3º Quais são os hábitos que necessitas implementar no teu dia a dia

Vais precisar de fazer o quê em concreto?

Vais precisar de ler, de pesquisar, de investir em alguma formação?

Estabelecer atividades e rotinas que te permitam começar a treinar e a desenvolver estas competências fará toda a diferença.

Permite-te começar aos poucos a estabelecer e a alicerçar esta clareza no teu dia a dia.

Espero que esta informação te seja útil.

Se quiseres partilha também com aquela pessoa, que precisa mesmo de ler isto.